Algarve celebra comida esquecida para fazer renascer receitas e ingredientes perdidos | in "Público"

Sardinhas garnentas, pau roxo, catacuzes... O Festival Comida Esquecida quer avivar-nos a memória e dar a provar alimentos que correm o risco de desaparecer.

Se quer conhecer e provar alimentos que correm o risco de desaparecer, então não pode esquecer-se de dar um salto ao Festival da Comida Esquecida, uma iniciativa algarvia que vai decorrer até à Primavera.


O festival começa a 19 de Outubro e tem por objectivo “fazer renascer receitas e ingredientes perdidos na memória” ou em “extinção da sua espécie, tanto por estarem associadas à pobreza; ou à ruralidade; ou pelo facto de não serem espécies de interesse agrícola actual”, explica a organização, a Cooperativa QRER,​ em comunicado.


Dividindo-se em quatro iniciativas, promove um total de onze eventos, em nove concelhos do Algarve, até Maio. Logo a abrir, haverá o Piquenique de charme (20€, gratuito até aos 7 anos) que se vai realizar no primeiro dia do festival. Mas quem quiser participar noutra altura também pode, já que o piquenique se repetirá a 28 de Março, 18 de Abril e 2 de Maio.

Já o Momentum – da floresta ao prato (35€, com idade mínima de participação de 12 anos), que se realiza a 8, 9 e 10 de Novembro, tem como “palco” grandes locais monumentais do Algarve: no Convento do Carmo de Lagoa; no Museu do Traje de São Brás de Alportel; e na Ermida da Guadalupe de Vila do Bispo, respectivamente.


Entre o passeio e o cultivo, haverá também espaço para Colher e Cozinhar (15€, gratuito até aos 7 anos) – também com três datas marcadas – que se desenvolve em hortas familiares com o intuito de conhecer as suas histórias e recolher ingredientes tradicionais que serão cozinhados pelos participantes. O objectivo deste passeio, que se realiza antes de passar à prática, prende-se com o facto de ser “necessário as pessoas sentirem onde estão, para se poderem integrar no espaço”, adiantou Ana Palma, uma das organizadoras do evento. As sessões serão no dia 30 de Novembro, em Giões (Alcoutim), a 8 de Dezembro, em Tôr (Loulé) e a 23 de Fevereiro, em Maria Vinagre (Aljezur).


A terminar o festival, a 30 de Maio, haverá uma festa durante todo o dia: Na Casa da Glória, no centro de Querença (Loulé). Ainda não há informações sobre preços e programa da festa.


O Festival da Comida Esquecida é promovido pela Cooperativa QRER, cooperativa para os territórios de baixa densidade e que tem sede em Querença.


A iniciativa integra-se no programa de animação em época baixa 365 Algarve, que pretende diminuir a sazonalidade na zona algarvia e que conta com oito meses de intensa programação.


Créditos da Notícia: Público


#festivaldacomidaesquecida #eventos #festivalgastronómico #algarve #ingredientesdeantigamente

0 visualização
blueberry-jam-lead-9-1.jpg

COMPOTAS & DOCES

coconut-flour-1-of-1.jpg

FARINHA DE COCO

3453_07_10_2012__17_41_46_700.jpeg

FARINHA DE ESPELTA

fresh-spinach-pasta.jpg

MASSAS

sesame-dressing-akk.jpg

MOLHO DE SÉSAMO

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

LET'S

TALK

ABOUT

FOOD

FALE CONNOSCO

COM VONTADE DE...

... DAR UM SALTO AO NOSSO Blog ?

Lima com Pimenta

Fruit & Veg Company

contacto@limacompimenta.com

964 163 956 | 969 981 253

Algarve | Portugal

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

©2020 por Lima com Pimenta®