top of page

Está de volta a maior celebração da agricultura do país

Pense num sítio onde pode comer e beber o melhor que Portugal produz, trocar ideias sobre o futuro da agricultura e ainda assistir às actuações de alguns dos melhores artistas nacionais. Se pensou na Feira Nacional da Agricultura, está certo.


Quer seja produtor ou consumidor, quer pretenda degustar ou apenas aproveitar a música, quer se sinta um espírito jovem ou uma alma amadurecida, está de volta o evento que não vai querer perder.

A Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) regressa ao Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, desta vez com o ovo e os superalimentos como protagonistas principais. Além disso, já foram revelados alguns dos artistas convidados e se a gastronomia nacional não era suficiente para o convencer a visitar a maior e mais importante feira deste âmbito no país, com certeza que a presença destas artistas será: D.A.M.A, Calema, Nininho Vaz Maia, David Antunes e seus convidados Bárbara Tinoco e Paulo Gonzo serão algumas das vozes a compor a banda sonora do evento.


Entre 3 e 11 de Junho, o CNEMA volta a ser um palco privilegiado de debates sobre questões importantes para o sector da agricultura, de provas das mais conceituadas iguarias portuguesas - desde vinhos a queijos, sem esquecer as belas compotas - e de exposições de gastronomia, artesanato e maquinaria, contando ainda com desfiles e provas de campinos, actividades equestres.


O recinto vai abrir, todos os dias da feira, pelas 10h00, mas tenha atenção porque a hora de fecho vai divergir: até dia 10 as Naves A e B fecham às 22h30, a Nave C às 24h00, a zona exterior e de maquinaria às 21h00 e o espaço de atividades lúdicas às 03h00. Durante este período, a entrada no recinto pode ser feita até às 00h30. Já no último dia, todo o recinto encerra às 20h00, com as últimas entradas permitidas até às 19h00.


Os bilhetes diários para a feira custam oito euros. Mas se está a planear ir com amigos ou família, pondere comprar uma caderneta de 10 bilhetes, que custa 55 euros. Por outro lado, se quer aproveitar ao máximo e desfrutar de todo o evento, a melhor opção é comprar o bilhete livre-trânsito, por 25 euros. A entrada de menores de 11 anos é gratuita, assim como do público em geral na segunda-feira, dia 5, e o estacionamento de viaturas no parque ao ar livre. Já o estacionamento no parque coberto tem um custo de cinco euros.


No ano passado a FNA contou com quase 160 mil visitantes, 564 expositores e cerca de 1.500 participantes nos colóquios. Este ano não fique com água na boca e venha fazer parte da história da gastronomia, agricultura e tradição portuguesas.


Créditos da Notícia: Jornal de Notícias


6 visualizações

Comments


bottom of page