"Não há cá desperdícios”: Como reduzir o desperdício alimentar | in "Bairrada Informação"

Um dos problemas ambientais com maior relevância na actualidade é o desperdício alimentar.

Segundo a organização das nações unidas para a alimentação e agricultura, cerca de 1/3 dos alimentos produzidos anualmente para consumo humano são perdidos ou desperdiçados a nível mundial.

FAO, food waste, food loss, desperdício alimentar

Todos os anos, os portugueses deitam fora um milhão de toneladas de alimentos, pelo que devemos adoptar estratégias no sentido de evitar esta realidade e reduzir o desperdício alimentar:

  • Planeie as refeições e elabore uma lista de compras em função daquilo que precisa mesmo

  • Não compre demasiada comida, mesmo estando em promoção

  • Opte por comprar a granel. Para além de ter menos embalagem, também lhe permite comprar a quantidade certa de que necessita

  • Opte por fruta da época e por "fruta feia" – fruta que não cumpre critérios de formato, cor e calibre

  • Escolha os alimentos respeitando a sazonalidade e a produção local, sempre que possível

  • Ao adquirir qualquer produto alimentar, consulte o prazo de validade, escolhendo os de prazo mais alargado

Já lhe aconteceu abrir o frigorífico, encontrar sobras de alimentos, não saber o que fazer com as mesmas e acabar por deitá-las no lixo? Eis algumas dicas para um melhor aproveitamento dos alimentos:

  • Comece por utilizar os hortícolas e as frutas mais maduras e só depois as mais verdes

  • Utilize a fruta amolecida para preparar batidos de fruta ou fruta cozida/assada. Reaproveite as sobras de batatas do dia anterior para fazer a base de uma sopa ou um puré de batata;

  • Utilize as sobras de peixe ou carne, para preparar uma salada ou um empadão;

  • Aproveite sobras de hortícolas para confeccionar uma sopa ou um esparregado – o que resultaria em desperdício alimentar, torna-se num delicioso manjar;

  • Com o pão do dia anterior poderá fazer torradas para o pequeno-almoço ou lanche;

  • Aproveite a água da cozedura dos legumes para sopas e/ou cozidos;

  • Não deite fora as cascas de determinados hortícolas ou frutas (cebola, limão ou laranja), aproveite-as para fazer chá ou compotas;

  • Cozinhe apenas as quantidades necessárias para o número de pessoas que irão consumir a refeição;

  • Congele os alimentos confeccionados que sobrarem ou coloque-os no frigorífico em recipientes apropriados.

Cada um de nós pode contribuir para uma alimentação mais sustentável e um mundo com menos desperdício alimentar. Coloque diariamente estes conselhos em prática. Pequenos gestos fazem uma grande diferença!


Créditos da Notícia: Bairrada Informação


#zerodesperdício #desperdícioalimentar #reaproveitaralimentos #olixodeunséoluxodeoutros #foodwaste #foodloss