top of page

Na Mealhada vai à mesa toda a gastronomia da Região de Coimbra: é o Winter Food Fest

De 13 a 15 de Janeiro, a Mealhada vai acolher o Winter Food Fest, um festival gastronómico que quer promover os produtos e a gastronomia de cada concelho da Região de Coimbra.


A Mealhada foi o concelho escolhido para acolher um festival gastronómico que, ao longo de três dias, pretende valorizar os produtos diferenciadores dos concelhos que compõem a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, bem como estimular a sua venda.

gastronomia, coimbra, winter food fest, festival

"O Winter Food Fest vai ser um momento de festa, de alegria, de convívio e, sobretudo, de promoção da qualidade dos produtos endógenos", anunciou o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, Emílio Torrão, em conferência de imprensa.


O evento vai ter lugar nos dias 13, 14 e 15 de Janeiro, em pleno coração da cidade da Mealhada, e "visa promover e dar a conhecer a qualidade dos produtos endógenos" da região, além de celebrar "as cores e os sabores do Outono e do Inverno".


Na rua Doutor José Cerveira Lebre, uma tenda acolherá as bancas de produtos de cada um dos 19 municípios, que os visitantes poderão provar e comprar. Já no Largo do Tribunal, ficará outra tenda, com palco, onde serão realizadas as sessões de showcooking, de animação cultural e espectáculos musicais.


"Quem não gostar de leitão [o prato mais icónico da Mealhada], poderá comer arroz de lampreia, por exemplo. Somos uma região muito rica em termos gastronómicos", sublinha o autarca da Mealhada, António Jorge Franco, lembrando que a iniciativa também acaba por levar “vida” ao centro histórico da cidade, impulsionando as vendas do comércio local, além de atrair pessoas à região. "O nome do evento está escrito em inglês precisamente para atrair turistas estrangeiros", sublinha, por sua vez, Emílio Torrão.


Para o presidente da CIM Região de Coimbra, o evento pretende ainda combater a sazonalidade dos eventos gastronómicos. "Todas as câmaras municipais vão tendo os seus eventos gastronómicos e a CIM tem a obrigação de congregar todos num único propósito, que é sentar todos à mesma mesa: a mesa da Região de Coimbra, uma mesa".


No entender de Emílio Torrão, a gastronomia é "um factor agregador, para a unir, ainda mais, numa verdadeira região metropolitana de Coimbra". "Casamos a gastronomia com a tradição, com a identidade de cada lugar, com a identidade da região. E hoje, cada vez mais, temos uma identidade própria", acrescenta.


"Este festival de gastronomia de Inverno tem a particularidade de, pela primeira vez, juntar 19 municípios, com uma mostra de cada um dos municípios, escolhida por cada um dos municípios e que, estrategicamente, cada um de nós, enquanto presidentes de câmara, vai tentar promover."


O evento encerra as iniciativas da distinção "Região Europeia de Gastronomia 2021-2022". Integram a CIM da Região de Coimbra os municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares, no distrito de Coimbra, Mealhada (Aveiro) e Mortágua (Viseu).


Créditos da Notícia: Público


8 visualizações

Comments


bottom of page