top of page

Neste restaurante ninguém leva a mal se os pedidos vierem errados: todos os empregados têm demência

Ir a este restaurante é sempre uma experiência diferente e única. Aqui, ninguém leva a mal quando os empregados trazem pedidos errados.



Este restaurante, em Tokyo, no Japão, é uma experiência única e completa. Mais do que a comida, são os empregados de mesa que fazem este restaurante. O nome já diz tudo: "O Restaurante dos Pedidos Errados". Aqui, um pedido errado é recebido sempre com um grande sorriso.


Para desafiar os estereótipos, este restaurante fez aquilo que é para muitos impensável: contratou apenas empregados de mesa com demência. Já imaginaste o que seria pedir um prato de carne e vir parar à mesa um prato vegetariano? Ou ansiares por uma tigela de ramen e seres surpreendido com um colorido conjunto de sashimi? N' "O Restaurante dos Pedidos Errados", a confusão com os pedidos é a norma, mas é isso que o torna tão único. A ideia por detrás do nome é simples: esperar o inesperado.


Mizuho Kudo, uma blogger destemida, decidiu testar a capacidade do restaurante de surpreender os clientes. Enquanto esperava, com água na boca, por um suculento hambúrguer, foi presenteada com uns deliciosos bolinhos de arroz. "O Restaurante dos Pedidos Errados" não serve apenas como um testemunho de que as pessoas com demência podem brilhar no mundo do trabalho, mas também é um paraíso para os eternos indecisos.


Quantas vezes já te aconteceu ficares horas e horas a olhar para o menu indeciso com o que comeres? Aqui, não tens esse problema, porque a probabilidade de pedires uma coisa e acabares a comer outra é muito grande. Assim, abres-te sempre à possibilidade de seres surpreendido com um prato que provavelmente nunca virias a escolher.


Os empregados de mesa d' "O Restaurante dos Pedidos Errados" têm a bênção dos clientes para cometer erros e, ao invés de franzir a testa, são recebidos com sorrisos calorosos. Este lugar encoraja uma mudança de perspectiva, mostrando que a demência não limita as pessoas, mas, pelo contrário, as torna capazes de surpreender e inspirar.


Créditos da Notícia: RFM


15 visualizações

Comments


bottom of page