top of page

Um festival para ver as amendoeiras em flor e celebrar as tradições algarvias

O Festival das Amendoeiras em Flor regressa à aldeia de Alta Mora, Castro Marim, de 2 a 4 de Fevereiro, com caminhadas, espectáculos e mercado de rua para celebrar as tradições da serra algarvia.


festival das amendoeiras em flor

Está de regresso o Festival das Amendoeiras em Flor, evento que une as tradições da serra algarvia ao espectáculo dos campos pintalgados de branco e rosa. De 2 a 4 de Fevereiro, a aldeia de Alta Mora, no concelho de Castro Marim, acolhe um mercado de rua, tasquinhas e o saber-fazer tradicional dos artesãos, além de um programa recheado de espectáculos e percursos pedestres.


Todas as manhãs, o festival arranca com três caminhadas por trilhos sinalizados para o evento, com diferentes níveis de dificuldade e distâncias (5km, 8km, e 11km), estando reservado para Domingo a adição da Grande Rota das Amendoeiras em Flor, com 20 quilómetros para palmilhar a serra algarvia e admirar o deslumbre das pétalas floridas como novelos de algodão pela paisagem.


A restante programação desenvolve-se na aldeia em festa, onde cada porta do casario branco, alpendre ou viela transforma-se em mostra de tradições, artesanato e produtos regionais. Os três palcos garantem ainda que nunca faltará animação à terceira edição do festival, com vários concertos programados em cada dia, além de animação de rua, teatro, e dança.


A exposição fotográfica da Associação ¼ Escuro vai recordar o II Festival Amendoeiras em Flor ao longo dos três dias, enquanto a diversão dos mais novos é assegurada pela animação infantil “com pinturas faciais, jogos tradicionais, animais da quinta, passeios de burro e estátuas vivas”, adianta a organização, a cargo da Associação Recreativa, Cultural e Desportiva dos Amigos da Alta Mora (ARCDAA), “fundadora e anfitriã” do evento.


A programação fica completa com o regresso da torta de amêndoa gigante, “que perfaz agora 42 metros”, confeccionada em colaboração com a Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António; assim como dos ateliers de pão, cestaria e oficinas de plantação de amendoeiras, “face ao sucesso de 2023”.


Este ano com o estatuto de “mecenato cultural”, o festival é “uma iniciativa estratégica e promocional das tradições e identidade do território, com o objectivo de combate à desertificação da serra algarvia”, marcando o calendário turístico da região em plena época baixa.


A entrada no festival custa 3€ por adulto e 2€ para crianças dos 11 aos 14 anos, sendo gratuito até aos 10 anos de idade. Os workshops são gratuitos mas de inscrição obrigatória aqui; enquanto a participação nas caminhadas é paga, com diferentes modalidades (pequeno-almoço incluído custa 8€; se acrescentar o almoço fica 18€ a partir dos 15 anos e 12€ para crianças dos 12 aos 14 anos; enquanto para acompanhantes, sem caminhada mas almoço, fica 13€). Todos incluem entrada no festival. Inscrições aqui.


Créditos da Notícia: Público


12 visualizações
bottom of page