top of page

12 chefs, três concertos, um DJ set. Chefs On Fire põe a mesa na passagem de ano

Trata-se de uma colaboração especial entre o festival gastronómico dedicado à cozinha de fogo e o Disque Disse. A localização da festa é secreta.


chefs on fire, disque disse, reveillon, passagem de ano 2024, gastronomia, chef

É a primeira vez que organizam uma festa de passagem de ano, mas a verdade é que já têm provas dadas na arte de entreter pessoas, especialmente à mesa, quase sempre à volta da fogueira. No dia 31 de Dezembro, há Chefs On Fire e também Disque Disse – uma colaboração especial que leva 12 chefs, três concertos e um DJ set, numa localização secreta em Lisboa. 


Durante o jantar – preparado apenas com recurso ao fogo, como é habitual neste festival gastronómico – os pratos de carne ficarão a cargo dos chefs Inga Martin, do Go A Lisboa; Pedro Monteiro, da Tasca Baldracca; Vítor Adão, do Plano; Tiago Penão, do Kappo e do Izakaya; e João Diogo, do Mãe. Já o peixe será preparado pela Chef Nikita, da Casa Celmar; e do chef Rafael Santos, do Cera, em Aljezur, temporariamente fechado. David Jesus, do Seiva, e David Liptay, da Blitz, ocupam-se dos pratos vegetarianos. 


As sobremesas também são importantes e, por isso, estarão ainda presentes Leonor Godinho, do Vago, e Márcio Baltasar, ex-chef pasteleiro do Ocean. A sempre necessária ceia estará assegurada pelo chef Hugo Brito, do Boi-Cavalo, com uma sobremesa; e pela Kitchenette, com tostas mistas. 


Não seria uma festa sem música e a abertura da pista de dança caberá a Moullinex △ GPU Panic. Seguem-se os concertos de Bateu Matou e Throes + The Shine e, mais tarde, é a vez do Disque Disse Collective apresentar o seu set. 


Os bilhetes estão disponíveis e incluem seis doses de comida. As bebidas são pagas à parte e podem ser adquiridas doses de comida extra no local. A primeira ronda de entradas (apenas 500) tem um custo de 85€ por pessoa, mas na compra de quatro, o valor total é de 300€. Na segunda leva os preços sobem para os 85€, bilhete individual, e 360€ para um grupo de quatro. Para quem tende a deixar tudo para a última no dia 31, terá de pagar 120€ por pessoa (antes da 01.00) ou 60€ (depois da 01.00), apenas com direito à actuação do Disque Disse.


Créditos da Notícia: TimeOut


8 visualizações
bottom of page