top of page

Portugal Restaurant Week promove gastronomia portuguesa na baía de São Francisco

Pela primeira vez na Califórnia, uma iniciativa dedicada aos restaurantes portugueses na baía de São Francisco, com ementas especiais que celebram a gastronomia lusa entre 17 e 24 de Abril.

Vai decorrer pela primeira vez na Califórnia uma iniciativa dedicada aos restaurantes portugueses na baía de São Francisco, a Portugal Restaurant Week, com ementas especiais que celebram a gastronomia lusa entre 17 e 24 de Abril.


Organizado pela AICEP — Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e pelo consulado-geral de Portugal em São Francisco, o programa integra cinco restaurantes com ‘chefs’ portugueses de renome: “Adega”, “La Salete”, “Petiscos”, “Tasca Tasca” e “Uma Casa”.


“Com esta ação pretendemos promover a gastronomia e os produtos portugueses na Bay Area, apoiando e dando maior visibilidade aos restaurantes portugueses desta região e consequentemente aos produtos alimentares portugueses”, disse à Lusa a directora do escritório da AICEP em São Francisco, Teresa Fernandes.


Um dos participantes, “Adega”, é o único restaurante português com estrela Michelin nos Estados Unidos da América (e o único em São José). O ‘Chef’ David Costa criou para a iniciativa um menú mais compacto, que dará aos consumidores a possibilidade de escolher e combinar vários pratos por um preço mais acessível.


“É uma boa iniciativa, é bom para promover os restaurantes e a cultura portuguesa”, disse à Lusa o ‘chef’ Costa. “É interessante e cria a oportunidade de trazer pessoas aos restaurantes”.


Há outro restaurante do ‘chef’ português a integrar o programa, o “Petiscos”, que tem um ambiente casual e é “uma casa mais tradicional, mais familiar”. Em ambos será possível escolher uma variedade de sabores, desde o arroz de pato e o polvo à linguiça e sopa da pedra. As cartas de vinhos são totalmente portuguesas, havendo mais de 500 à escolha no Adega.


No “Uma Casa”, o famoso restaurante português de São Francisco, o ‘chef’ Telmo Faria criou uma ementa representativa da sua oferta e da gastronomia portuguesa.


“Temos pratos mais típicos, como pastéis de bacalhau, caldo verde, bacalhau à Gomes de Sá ou carne de porco à alentejana, para que as pessoas que nunca tiveram oportunidade de provar comida portuguesa tenham acesso a ela”, disse o ‘chef’ à Lusa. O preço é fixo e a ementa tem pratos à escolha.


“Queria fazer um preço que fosse acessível para as pessoas que queiram visitar o restaurante e experimentar a nossa comida”, frisou, “talvez pessoas que nunca tenham provado comida portuguesa”.


Além disso, haverá na quinta-feira, 20 de Abril, um jantar com um produtor de vinhos portugueses (Herdade do Esporão) que estará de visita à Califórnia. “É uma oportunidade para alguém que queira ter uma experiência [de jantar] mais elevada e conhecer um produtor de vinhos de alta qualidade que vem de Portugal”, salientou Telmo Faria.


Os dois ‘chefs’ sublinharam que a maioria dos clientes dos seus restaurantes não tem origem portuguesa, embora possam ter algum interesse em Portugal — ou porque visitaram recentemente ou pretendem visitar.


Esse é um dos focos da iniciativa, segundo explicou Teresa Fernandes - “Acreditamos que esta acção de promoção, desenvolvida em conjunto com o consulado-geral de Portugal em São Francisco, permitirá reforçar a notoriedade de Portugal no mercado junto do consumidor final e de influenciadores”, afirmou a responsável da AICEP.


A expectativa é de que a Portugal Restaurant Week fomente o crescimento das exportações de produtos dos sectores agroalimentares e vinhos e possa atrair pessoas para Portugal como destino de turismo e investimento.


Além disso, indicou a responsável, “reforçará o reconhecimento das empresas portuguesas enquanto produtoras de bens e serviços de elevada qualidade e diferenciação”.


O cônsul-geral de Portugal em São Francisco, Pedro Pinto, disse que a “excelência” destes restaurantes portugueses justifica a iniciativa, que acontece pela primeira vez.


A acção de promoção, considerou, promove não apenas a gastronomia portuguesa mas também a cultura e os vinhos portugueses. “Conjuga três valências da nossa acção: comunidade portuguesa, cultura e economia”, afirmou. A expectativa para o programa é elevada.


“Portugal está cada vez mais no radar dos californianos, e em particular na Bay Area”, disse o cônsul-geral. “Por isso, esta iniciativa está a gerar grande interesse, entre a comunidade portuguesa, mas também muito além. Estou muito entusiasmado com a perspectiva de elevada adesão”.


O ‘chef’ David Costa indicou também a complementaridade dos restaurantes, em que “cada um tem a sua maneira de interpretar a cozinha portuguesa”.


No “La Salette”, em Sonoma, o ‘chef’ Manuel Azevedo celebra o que chama de “cozinha nova portuguesa”, com sabores lusos, ingredientes californianos e uma interpretação própria da gastronomia.


O outro restaurante do ‘chef’, “Tasca Tasca”, oferece experiências inusitadas e uma carta de vinhos exclusivamente portugueses, num ambiente que lembra as tascas tradicionais.


“O consumo de vinho e produtos ‘gourmet’ portugueses nos EUA tem tido um crescimento constante e os consumidores reconhecem a qualidade dos produtos portugueses”, sublinhou Teresa Fernandes, “muito devido às visitas” que realizam ao nosso país “e às agradáveis experiências gastronómicas que têm” enquanto lá estão.


A AICEP agregou as informações sobre o programa no ‘website’ OnlyPortugal.pt.


Créditos da Notícia: Observador


6 visualizações

Commenti


bottom of page