Na hora de investir, 92% dos investidores portugueses considera factores de sustentabilidade | in JE

Estudo da Allianz Global Investors coloca Portugal a liderar o ranking dos países europeus nos quais os clientes estão mais atentos e preocupados com investimentos sustentáveis, seguido por Itália e Espanha.

A sustentabilidade já não é um conceito estranho para os investidores portugueses, que cada vez mais têm em conta os critérios Ambiente, Social e Governança (ASG) aquando da decisão de investimento. Um estudo da gestora Allianz Global Investors, apresentado esta terça-feira, revela que 92% dos investidores portugueses está interessado em temas relacionados com a sustentabilidade e 87% assume que investiria provavelmente/defintivamente em fundos com objetivos de desenvolvimento sustentável.


O estudo, que abrangeu investidores da Bélgica, França, Alemanha, Itália, Holanda, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido, coloca Portugal a liderar o ranking dos países europeus nos quais os clientes estão mais atentos e preocupados com investimentos sustentáveis, seguido por Itália e Espanha.


A Allianz GI explica que 64% dos investidores inquiridos em Portugal espera que o investimento sustentável tenha um impacto positivo na rentabilidade. No entanto, além deste fator, a pesar na decisão sobre o investimento em produtos sustentáveis, 30% dos investidores portugueses diz esperar que as empresas “melhorem as suas políticas nesse campo”, enquanto 27% acredita que “o seu dinheiro ajuda realmente a mudar o mundo”.


“Há já algum tempo que está a germinar um interesse forte e crescente por investimentos sustentáveis na Europa e, mais especificamente, em Portugal, Itália e Espanha”, refere Isabel Reuss, diretora global de análise ISR da Allianz Global Investors, em comunicado. “Existem diferentes opções de investimento nesse campo para atender aos interesses dos diversos segmentos de clientes e a maioria dos clientes não associa investimentos sustentáveis a rendimentos mais baixos. Apesar disso, há ainda muito a ser feito nesta área e os consultores financeiros têm em geral ainda alguma relutância em recomendar este tipo de produtos”.


A gestora aponta ainda que “a água limpa (99%), a saúde(99%), a educação (98%)e os salários justos (98%) são as áreas que mais interessam aos investidores portugueses, seguidas da luta contra a corrupção (97%), dos direitos humanos e sociais (97%) e o combate às alterações climáticas (97%)”.


“Embora também muito importantes, as questões da diversidade e da habitação social são os aspectos menos valorizados”, realça.


Créditos da Notícia: JE | O Jornal Económico


#sustentabilidade #empreendedorismo #ambiente #investimento #saúde #educação #águapotável #direitoshumanos #direitossociais #consciênciasocial #alteraçõesclimáticas

0 visualização
Camomila

CAMOMILA (FRESCA)

Diabelha

DIABELHA

Gramata branca

GRAMATA BRANCA

Farinha de Trigo Barbela

FARINHA DE

TRIGO BARBELA

Molho de Sésamo

MOLHO DE SÉSAMO

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

LET'S

TALK

ABOUT

FOOD

FALE CONNOSCO

COM VONTADE DE...

... DAR UM SALTO AO NOSSO Blog ?

Lima com Pimenta

Fruit & Veg Company

contacto@limacompimenta.com

964 163 956 | 969 981 253

Algarve | Portugal

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

©2020 por Lima com Pimenta®